PicNic… PicMe


Pão de forma integral {com levain}
February 22, 2018, 10:51 pm
Filed under: Salgado | Tags: , , ,

O pão de fermentação natural fala de tempo, de presença, de atenção.

Entre esperas, ocorre a transformação, no tempo que se deve, no espaço que precisa. Não se apressa um pão, não se esquece dele, ele corre paralelo a outras tantas coisas e ao mesmo tempo dita o que o cerca.

Um pão macio e flexível, me fez pensar em como deveria ser eu na vida que desejo viver. Complexa e doce, flexível e presente.

Múltipla.

Pão de forma de fermentação natural da Neide Rigo.

Ingredientes:

200g de levain

300g de farinha de trigo branca (para pães) (usei a orgânica)

200g de farinha de trigo integral (para pães) (usei a orgânica)

50ml de azeite

1 e 1/2 col. (Sopa) de açúcar mascavo (usei o cristal)

300 ml de água (adicione mais se a massa estiver muito dura, eu adicionei)

1 col. (Sopa) de sal

(adicionei uma xícara do resíduo da aveia que tinha usado pra fazer leite de aveia ){para saber mais sobre leites vegetais)

Preparo:

Misture todos os ingredientes e deixe descansar em um recipiente untado com óleo por cerca de 30 minutos.

Faça a dobra (levando uma borda até o centro da massa com a mão e repetindo o movimento por toda ela) e deixe descansar por mais meia hora. Repita mais uma vez o processo.

Em uma forma de pão de forma untada e enfarinhada, coloque a massa e deixe descansar por mais meia hora. Pré aqueça o forno a 250C.

Asse com tampa por cerca de 30 minutos. Retire a tampa e asse por mais cerca de 20 minutos.

Deixe esfriar completamente antes de cortar.

Advertisements


Panquecas {com leite de aveia}
February 22, 2018, 10:16 pm
Filed under: Salgado | Tags: , ,

Panquecas vivem naquela memória de infância. Aquela comida de mãe, que traz conforto só de imaginar.

E como é difícil trazer pra vida adulta um conforto de infância, de raiz, de base.

Tenho vivido essa transformação em tantos aspectos, mas todos passam pelo mesmo caminho que essa singela panqueca.

Me permitir redesenhar algo que já era certo, definitivo, é o primeiro desafio. Aceitar que é possível rever algo que nos foi dado e ainda ser confortável, mas agora com a seleção do que cabe na minha vida adulta, do que está de acordo com minhas escolhas sem sentir culpa, é outro passo. Me desapegar daquela verdade pra viver a minha, que naturalmente é uma continuação, uma releitura daquela origem, é o desfecho.

A panqueca é, em geral, composta de farinha, ovos, leite e sal. Às vezes açúcar, às vezes óleo.

Eu, por motivos diversos, não estou tomando leite de vaca, mas está sendo uma briga feroz com minha infância, com minha zona de conforto, com o conhecido, e ainda maior com o desconhecido.

Terminada a batalha, em geral, eu adulta fico muito satisfeita de ainda ter o conforto e reconforto de outrora (panquecas), mas com as escolhas de adulta (leite de aveia ao invés do de vaca).

Uma pequena vitória. Que ainda sofre ameaças e ataques sempre que estou fragilizada. Mas sigo, sabendo que ao final eu não estou perdendo nada, ao contrário, estou adicionando na trajetória a parte que me cabe, o eu, o meu.

A receita original é da Nathalie (francesa pra quem nem posso contar que cometi o sacrilégio com a tal substituição do leite):

Ingredientes:

125g de farinha de trigo

2 ovos

250ml de leite (usei o de aveia)

Sal

(Eu adiciono um fio de óleo)

Preparo:

Misturar a farinha , o sal e os ovos, adicionar o leite aos poucos com um batedor para não formar grumos

Deixar descansar por meia hora (eu gosto de passar por uma peneira depois do descanso para garantir que não ficou nenhum grumo).

Em uma frigideira levemente untada com óleo e em fogo médio, derrame uma porção e faça com que ela cubra toda a superfície da frigideira por igual. Quando as bordas começarem a soltar ou ficarem morenas, vire a panqueca por mais algum tempo. Repita o processo até acabar a massa. Recheie como desejar.

O leite de aveia foi o que achei de melhor custo benefício até agora, tanto no quesito valor quanto no de tempo e praticidade comparado aos outros leites vegetais, apesar de todos serem de simples preparo.

Leite de Aveia

Ingredientes:

1 xícara de aveia em flocos

2 xícaras de água filtrada

Preparo:

Deixe a aveia de molho em água por 20 minutos.

Descarte a água e, em um liquidificador, coloque a aveia escorrida e as duas xícaras de água filtrada.

Bata até ficar desfeita.

Passe por um pano de cozinha fino ou por um saquinho de tecido Voil (Panela furada).

O líquido extraído é o “leite” vegetal, que tem sabor suave e pode ser usado em receitas ou pra tomar puro mesmo. Manter refrigerado por até 3 dias, mas quanto mais fresco usar, melhor.

O resíduo também pode ser usado! Eu costumo colocar na massa de pão, nada desperdiçado!