PicNic… PicMe


Cartão
December 18, 2009, 4:47 pm
Filed under: Artes Manuais, Uncategorized

Esse era uma das coisas que o Ric mais me dava no começo do namoro. Cartões. Fofo.

Hoje, com o dia branco e o natal chegando, lembrei o quanto o papai ama receber cartões de natal. Ele ainda se dá ao trabalho, todo ano, de reclamar em voz alta o fato de mais quase ninguém enviar cartões de natal.

Eu compreendo os dois lados. Ninguém mais tem os endereços das pessoas queridas (porque pra mim, cartão de empresa não conta!), ninguém mais tem tempo de nada, ninguém usa os minutos de descanso (e dinheiro) para cartões de natal. Imagine as chances de se fazer um. Esquece!

Também entendo o lado de quem gosta de recebê-lo, afinal, ser lembrado em tais circunstâncias é um belo presente!

Ter tempo de sobra faz maravilhas à aplicação da criatividade.

Com os materiais mais simples do mundo, fiz cartões de natal!

Materiais:

* borracha

* estilete

* cartolina

* tinta

* furador

* fio de lã

* caneta grossa

Fiz um carimbo usando a mesma técnica da outra vez.

Recortei a cartolina do tamanho de um cartão e de vários pequeninos (pra colocar no presente mesmo!).

Usei a tinta que tinha aqui em casa (pra pintar parede!), não é a mais indicada, mas tudo vale. Por ela ser muito grossa, cada carimbada ficou com uma forma diferente (o que, na minha opinião, deu a graça). Pode usar tinta de carimbo normal ou até pintar com caneta e carimbar bem rápido.

Pra dar uma sensação de acabamento, fiz uma linha contornando o retângulo do papel.

Fiz um furo usando o furador e passei um pedaço de lã nos cartões.

Simples assim.

Acho que a vida pode ser mais simples. Que podemos usar coisas banais para serem meios de transmitir coisas significativas. Acho que coisas banais também são um meio de fazermos arte, sem ser um bicho de sete cabeças. Afinal, quando crianças, fazíamos isso.

Se Picasso dizia: “Todas as crianças nascem artistas, mas a dificuldade está em continuar a sê-lo quando crescem”

Devemos tentar segui-lo.


Advertisements


Gingerbread
December 17, 2009, 9:58 am
Filed under: Doce, Uncategorized

Graças a volta da Isa ao seu blog, e suas músicas que transformam minha vida em algo melhor, estou de volta.

Natal é o máximo. Esse natal tive experiências únicas.

Árvore de verdade, enfeites, gingerbread man, velas penduradas na árvore, músicas natalinas cantadas na inauguração da árvore ao som de um cravo (ou um órgão, não sei….) Magnífico. Todo mundo deveria ter uma inauguração da árvore de natal em sua casa!

O entusiasmo da Tia Ana Paiva é infinito. Fizemos uma casa de gingerbread. Esse era mais um dos meus projetos não realizados (Ganhei da Dani um livro específico para fazer a tal casinha, com cortadores e tudo! Nunca fiz). Fui concretizá-lo só agora, traduzindo livros, comprando ingredientes, polvilhando açúcar.

Todo mundo deveria fazer uma casinha dessas! Vale a diversão!

Esses biscoitos foram feitos com o restante da massa da casa. Amei esse desenho na estrela, achei que seria um mimo para presentear os queridos.

Desejo um Feliz Natal ao som de Ella, que a Isa me deu!