PicNic… PicMe


CEASA – um jardim secreto – aberto
July 16, 2009, 12:22 pm
Filed under: Diversos, Uncategorized

Banca de flores

O tempo simplesmente tem desaparecido diante dos meus olhos. Aquela sensação de que, quando estou fazendo coisas gostosas, o tempo voa, e quando estou na chatice, o tempo não passa, está cada vez mais rara.

Essa sexta-feira, emenda de feriado, fomos ao CEASA. Fiquei chocada ao me lembrar que, a última vez que tinha ido ao CEASA, também tinha sido em uma mesma situação (feriado prolongado), ou seja, dia primeiro de maio. Dois meses se passaram e eu nem percebi.

Certamente não pretendo ficar mais dois meses sem ir a esse encantado lugar. A energia é tão incrível, a variedade de cores e a constante mutação de plantas disponíveis é verdadeiramente fascinante.

Da útlima vez compramos murtas e flores mexicanas para fazer uma cerca viva em nosso jardim. Foi uma aventura. Infelizmente as murtas e flores estão um pouco “peladas”, também foi mesmo uma idéia de girico plantar no outono, mas a gente queria tanto que foi assim mesmo.

Dessa vez fomos sem muito foco. Passear, repor energias, ver o que tem de bom por aí, por bem barato.

Orquideas no CEASA

Alias, barato é a palavra de ordem no CEASA. As floriculturas abusam nos preços, a ponto de eu achar que ter flores em casa é jogar dinheiro fora e um verdadeiro luxo fútil. No CEASA, esse luxo é muito acessível. Um maço de Astromélia (flor linda que está na época, dura muito e tem mil cores diferentes e é a favorita da Lena) custa uns R$3.00. Uma orquídea, a partir de R$7.00, Murta por R$4.00 e uma caixa com 10 mudas de uma florzinha simples (tipo maria-sem-vergonha) por R$10.00.

Flor BelladonaFlores no CEASA

Passeamos bastante e no fim íamos mesmo saindo sem nada. Até que o Ric finalmente se convenceu de que merecia uma caixa de uma graminha linda que parece o cabelo de um de boneco de sua infância. Queria fazer arte usando a aparecia retilinea e o verde lindo dessa planta. Uma caixa com 10 mudas = R$15.00.

Clorofila

A conversa dele com o Sr. lig-lig foi muito engraçada. Ele pergunta pouco e o sr. responde menos ainda. “Ela precisa de sol?” “Clorofila-muito sol-Clorofila-sol”, “Tem que regar com que frequência?” “Uma vez por dia, uma vez por semana”. “Como se chama essa planta?” “Trigo, faz suco de clorofila”.

Eu já tinha tomado suco de clorofila, e em minhas conversas com a Tia Neusa (dona de um restaurante natureba a mil anos e sogra do meu irmão!), descobri que ela plantava o broto do trigo e, quando germina, ela bate e faz o tal do suco pros clientes. Virou febre lá no Integrão!

Em todo caso, o Ric comprou feliz o tal do “trigo-clorofila” e, enquanto ele tinha essa conversa com o vendedor, eu me interessei pela banca do lado. Mil mudas de ervas, temperos e saladas. Fui bisbilhotar.

mudas de ervas, temperos e saladas

R$1.00 cada muda. Pensei comigo: “Umas duas mudinhas, vai.” Levei quinze!

O sr. Lig-lig que me atendeu era simplesmente o Sr. Lig-Lig mais simpático de todo o CEASA. Fui perguntando e ele escolhendo mais uma muda e me mostrando uma outra e mais outra. Parecia criança quando entra no maravilhoso mundo da FAO Schwarz. Queria todas, perguntava, exclamava, pulava. O Sr. Lig-lig Niko (acho que é esse o nome dele) ria comigo. Eu dizia que achava que já tinha escolhido o suficiente, mas ele insistia que ainda faltavam três. Assim, ele escolheu pra mim uma muda (que na verdade se desmenbrou em cinco) de beterraba que eu simplesmente amo, uma de tomilho e uma de hortelã turca (que eu nunca ouvi falar, mas tem mesmo cheiro de comida diferente!). “Assim sai mais barato!”, ele disse. Eu tava tão empolgada que nem ligaria se tivesse que pagar os R$15.00 que eu supunha (afinal, cada muda por R$1.00, tinham  me dito). Fiquei extasiada ao descobrir que devia apenas R6.00!

sr niko

Carregamos as plantinhas até o carro. Dica: tente ir mais cedo (tipo 7h00) pra conseguir parar em um dos estacionamentos mais perto, pois apesar de serem pagos (R$10.00), faz muita diferença na hora de ir embora. Juro que quando você sai da banquinha do Sr. Lig-Lig, tá achando leve as mudas + as flores + a argila expandida e tal, juro também que, depois de 4 minutos de caminhada em direção ao carro, seus braços estão dormentes e aquela vontadezinha de fazer xixi bem discreta vira insuportável.

Foi um dia feliz. Voltamos e plantamos. Minutos antes da chuva que começou Sexta e terminou Domingo.

Ps: A Avelã faz parte da turma natureba e a sua nova planta favorita de ser devorada no jardim é justamente o “trigo-clorofila” do Ric!

Ps2: O Sr. Niko fica no Pilar 42 e na Banca 171, vale a pena ir lá.

Ps3: Comprei:

compras

* Alface Crespa Verde x 3

* Alface Crespa Roxa x 1

* Beterraba x 1 (que depois se divide em 5 )

* Manjericão x 1 (ele deu a dica em japonês para uma menina do meu lado e depois me traduziu, foi demais: – tem que tirar a flor do manjericão pra que ele fique mais cheio, tipo arbusto. Se não tirar a flor, ele cresce em altura, mas fica com poucas folhas).

* Tomilho x 2

* Hortelã turca x 1

* Cebolinha x 2

* Salsinha x 1

* Coentro x 1

* Sálvia x 1

* Menta x 1 (tem cheiro de bala Halls, é incrível)


1 Comment so far
Leave a comment

Olá Nina, acho que este é o seu nome, adorei a sua matéria sobre “um dia no CEASA”, amo plantas, adoro jardim, qdo. acabei de ler, deu vontade de ir ao CEASA no outro dia…bjs.. ´Luziane

Comment by Luziane




Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: