PicNic… PicMe


My momma always said, “Life is like a box of chocolates. You never know what you’re gonna get.”
October 29, 2008, 10:13 pm
Filed under: Doce, Uncategorized

What can we wait from life?

a box of choclates is just perfect to me…



Marrakech
October 29, 2008, 10:07 pm
Filed under: Diversos, Uncategorized


Esse papo já tá qualquer coisa
Você já tá prá lá de Marrakesh
Mexe
Qualquer coisa dentro doida
Já qualquer coisa doida
Dentro mexe
Não se avexe não
Baião de dois
Deixe de manha, deixe de manha, pois
Sem essa aranha, sem essa aranha
Sem essa aranha
Nem a sanha arranha o carro
Nem o sarro arranha a Espanha
Meça, tamanha, meça, tamanha
Esse papo seu já tá de manhã
Berro pelo aterro
Pelo esterro
Berro por seu berro
Pelo seu erro
Quero que você me ganhe
Que você me apanhe
Sou o seu bezerro
Gritando mamãe
Esse papo meu tá qualquer coisa
E você tá pra lá de Teerã

Qualquer Coisa – Caetano Veloso


Por quê não ceder a um olhar?




Avelã, onde tudo começa
October 29, 2008, 9:58 pm
Filed under: Diversos, Uncategorized

Foi por birra, foi com muita insistência, foi com apenas um argumento que consegui convencer a todos de que ela deveria vir naquele momento.

O argumento? Que era a única hora, a mais imprópria, a mais irresponsável, porque depois nunca seria a hora certa.

Ela veio… amada e odiada por todos. Tinha que se chamar Avelã, meu sabor de sorvete favorito e sua cor.

A fonte de energia e inspiração inesgotável que é, não cabe em pequenas palavras.

Suas poses e caras são impagáveis. Mais que mimada, mais que perfeita!

Foi o ato pensado mais irresponsável que já fizemos, e olho pra trás a cada dia e tenho toda a certeza de que se não fosse naquele momento, não seria mais…

Você a terão como modelo nos Posts “DressingDogs”.



almost midnight
October 29, 2008, 9:08 pm
Filed under: Doce, Uncategorized

Fiz bolachas amanteigadas para a chegada do Papai.


Resolvi usar as clássicas forminhas americanas (tipo do gingerbread man, do Shrek) que a MáÊ me trouxe de NY.

O momento em que decidi tudo isso foi voltando para casa, enquanto esperava o farol abrir. Por acaso (ou não) fiquei parada bem na frente de uma dessas lojas de enfeites de natal (que só abre perto do natal), que só deveria abrir PERTO do natal.

Fiquei chocada, faltam dois meses para o dia das trocas de presentes e ceia em família, como assim já está tudo enfeitado para o natal? Acho que é a gula do comércio em forçar todos a consumirem mais e mais nesta data tão esperada, não sei…só sei que farei esses mesmos biscoitos para o natal.

Bem, os biscoitos ficaram bons (eu não gosto quando sou eu quem faço, gosto mesmo quando a Patiti que faz, aliás a receita pertence a vó dela, legitima alemã… perfeitos!)

Não resisti, o laço foi com tema de natal. Quem sabe não entro no espírito e compreendo o que raios o mundo quer dizer com tanto verde e vermelho bem no meio da primavera!

Não sei se papito comeu, mas que a Bianca e a Leka gostaram isso eu tenho certeza!!!


Receita de biscoitos amanteigados da Vó da Patiti:

Ingredientes:
125g de manteiga
250g de farinha de trigo
100g de açúcar
1 ovo
1colher de café de fermento em pó
1 colher de café de essência de baunilha (da boa!!!!)

Prepraro:
Faça uma farofa com todos os ingredientes secos e a manteiga.
Use apenas as pontas dos dedos e muito cuidado.
Acrescente o ovo e a essência e misture da mesma maneira.
Em uma bancada enfarinhada ou entre duas folhas de plástico abra a massa com rolo de macarrão.
Corte como imaginar e disponha em assadeira com papel manteiga e untada.
Leve ao forno pré-aquecido a 180 C até ficarem crocantes ou dourados.



Hello Hello..
October 23, 2008, 7:24 pm
Filed under: Diversos, Uncategorized

The Beatles

You say yes, I say no
You say stop and I say go, go, go
Oh, no
You say goodbye and I say hello
Hello, hello
I don’t know why you say goodbye
I say hello
Hello, hello
I don’t know why you say goodbye
I say hello

I say high, you say low
You say why, and I say I don’t know
Oh, no
You say goodbye and I say hello
Hello, hello
I don’t know why you say goodbye
I say hello
Hello, hello
I don’t know why you say goodbye
I say hello

Why, why, why, why, why, why
Do you say good bye
Goodbye, bye, bye, bye, bye

Na verdade eu nunca uso Hello, pra quem me conhece – já sabe – só atendo o telefone com Yellow, uma das minhas músicas favoritas…

Aqui estão ou estarão pedaços das artes que me libertam….minha imaginação não é tão fértil quanto a dos Beatles, mas eu chego lá!

Enjoy the ride…

nina